Tailândia

Tailândia

No Sudeste asiático, o antigo Reino Sião é um país fascinante. Grande parte de suas terras e águas estão protegidas sob Parques Nacionais terrestres e marinhos. As praias de areias brancas, vegetação exuberante e águas turquesa são perfeitas para quem busca relaxar em meio à natureza. Para os mergulhadores, seus mares estão entre os melhores do planeta, com uma rica vida marinha e visibilidades que chegam a 30 metros. Para os amantes de história e cultura, milhares de templos estão espalhados por todo o país.

Tribos do Norte ainda preservam seus costumes em meio à modernidade atual global e cidades antigas como Sukhotai e Ayutthaya tiveram seu reconhecimento pela UNESCO como Patrimônio Cultural da Humanidade. Para interagir com o meio natural e a vida animal, passeios de elefante e mergulho autônomos são algumas das encantadoras opções de atividade. Para completar a experiência de qualquer perfil de viajante, uma culinária exótica e saborosa, massagens tailandesas amplamente ofertadas em cada canto do país e um povo constantemente alegre, simpático e hospitaleiro, pronto para fazer você se sentir em casa na Terra do Sorriso.



Melhor época - Outubro a Abril

Sugestão Venturas - Esticar a viagem até o misterioso e surpreendente Myanmar – antiga Birmânia. O país ficou fechado ao turismo durante décadas e agora começa a revelar ao mundo suas belezas culturais e naturais, como as majestosas Pagodas em Bagan e o intocado arquipélago de Mergui.


Akha

Famosos por suas vestimentas e adornos bastante coloridos, os Akha podem ser encontrados no norte da Tailândia, Laos, China e Myanmar. Cada aldeia Akha se distingue pelos seus portões de madeira esculpidos e protegidos por guardiões espirituais. Além da agricultura, já incorporaram a venda de artesanatos feitos com uso de técnicas tradicionais para complementar sua renda.



Angkor Thom

Construída pelo rei Jayavarman VII no final do século XII, acredita-se que cerca de 1 milhão de habitantes viviam na cidade entre os anos de 1181 e 1201. Com quase 10 km² e cercada por uma muralha de 12 km de extensão e 8 m de altura, Angkor Thom possui magníficas entradas, com portões cravados em pedras e pontes ricamente decoradas com guerreiros enfileirados, prontos para defender a cidade. É composta por várias construções, incluindo templos e locais para encontros sociais e manifestações culturais, como os terraços dos Elefantes e dos Reis Leopardos, com paredes minuciosamente talhadas que revelam as heróicas vitórias dos reis cambojanos.



Angkor Wat

Maior monumento religioso do mundo e mais importante e imponente monumento já feito pela civilização Khmer (denominação dada aos cambojanos), o Angkor Wat abrange uma área de 81 hectares e foi erguido entre os anos 1113 e 1150 pelo rei Suryavarman II. Seu complexo de templos foi construído para representar o Monte Meru, local de moradia dos deuses da mitologia hindu, especialmente em homenagem ao deus Vishnu, e para ser o mausoléu do próprio rei. Apesar de inicialmente hindu, foi transformado em templo Budista entre os séculos XIV e XV e assim permanece até hoje. Suas formas são harmoniosas, com torres em forma de botão de flor de lótus e paredes adornadas com desenhos em baixo relevo. É o único monumento do mundo a aparecer na bandeira de um país. Sem dúvida é um dos tesouros arqueológicos mais importantes do mundo e foi declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 1992.



Ayutthaya

Fundada em 1350, a histórica cidade de Ayutthaya foi capital do Reio Sião e maior cidade da Ásia por mais de 400 anos. Localizada no encontro dos rios Chao Phraya, Lopburi e Pa Sak, guarda até hoje as magníficas ruínas dos templos e palácios do passado, que possibilitam ao viajante fazer uma verdadeira viagem pelo tempo. Em 1991 foi declarada Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO.



Baan Santi Chon

Pequena vila de chineses próxima a Pai, que mantém vivas suas tradições culturais.



Bagan

Conhecida como a cidade das 4 milhões de pagodas, Bagan é um dos sítios arqueológicos mais ricos da Ásia. É possível encontrar mais de 2000 pagodas, templos e monastérios construídos durante a dinastia Bagan. A cidade pode ser descrita como surpreendente e encantadora, onde os visitantes experimentam a essência de Myanmar em um local ainda não afetado pelo século 21. Bagan não é só famosa pelas pagodas, mas também pelos artefatos produzidos em laca.



Baía de Halong

Declarada Patrimônio Mundial pela Unesco em 1993, a Baía de Halong é surpreendentemente bela, inspiradora e misteriosa. Sem dúvida um dos lugares mais belos de todo o Vietnã. Nela existem cerca de 3.000 ilhas de calcário que se elevam das águas cor de jade - apesar de os moradores locais assegurarem que são apenas 1.969, ano da morte de Ho Chi Minh. Esta paisagem extraordinária ainda abriga um infinito numero de praias, grutas e cavernas. De acordo com a lenda que explicaria o significado de seu nome (Halong em português significa "Dragão que desce para o mar"), quando um grande dragão que vivia nas montanhas correu até o mar, a sua cauda cavou vales que mais tarde foram preenchidos com água, deixando apenas pedaços de terra à superfície.



Bangkok

Detentora do maior nome de cidade do mundo, Bangkok é apenas uma abreviação de seu nome completo que conta com 152 letras! É hoje a capital e maior cidade do país, repleta de prédios, shoppings, restaurantes, bares e uma infra estrutura hoteleira que vai desde as mais baratas guest houses na famosa rua Khao San Road até luxuosos hotéis. Tudo isso contrastando de forma bastante exótica com vendedores de rua comercializando roupas, tecidos, artesanatos, jóias e variados tipos de comida, desde o tradicional noodle até porções de ovos de codorna ou insetos fritos que valem, no mínimo, uma parada para foto. O rio Chao Phraya, coração da cidade, serve de estrada para os variados tipos de embarcação que navegam levando turistas e moradores. Não é a toa que Bangkok é chamada por muitos de "a Veneza do Oriente". Táxis cor de rosa, tuk tuks e motos também são a cara da cidade, repleta de belos templos e imagens de Buda que representam seus ensinamentos.



Bayon

Localizado no centro de Angkor Thom, o Templo Bayon possui 54 torres, cada uma delas compostas de 4 faces de Avalokitesvara - divindade oriental que zela pelo mundo e ouve todas as preces, representante da suprema compaixão de todos os Budas - esculpidas com grande semelhança ao rosto do rei Jayavarman VII. As faces representam os 4 pontos cardeais e não são esculpidas em uma única rocha e sim, em vários blocos de pedra que juntos compõe as imagens com num quebra-cabeça gigante. No total são 216 faces com diferentes expressões que vigiam atentamente a cidade de Angkor Thom. É sem dúvida um dos pontos mais enigmáticos do complexo.



Chaukhtatgyi Reclining Buddha

É considerada uma das maiores imagens do Buda reclinado, com 62 metros de comprimento.



Chiang Mai

Segunda maior cidade da Tailândia e principal cidade da região norte do país, Chiang Mai fica 800 Km ao norte de Bangkok em meio a uma região montanhosa, banhada por um afluente do importante rio Chao Phraya. Possui mais de 300 templos budistas que se misturam com as diversas lojas de artesanato e restaurantes de gastronomia especial, considerada a mais saborosa do país. Uma exótica combinação entre história, tradição, dinamismo e modernidade.



Chiang Rai

Distante 180 km de Chiang Mai, Chiang Rai é a cidade mais ao norte do país. Ficou mundialmente famosa como a "porta para o triângulo dourado" (região de fronteira entre Tailândia, Laos e Myanmar. Rodeada por montanhas e tribos possui templos e santuários budistas e uma atmosfera local e preservada.



Complexo de Angkor

Mais importante sítio arqueológico do sudeste asiático, tombado pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade, Angkor (palavra derivada do sânscrito que significa "cidade"), serviu como sede do Império Khmer e floresceu entre os séculos IX e XV. Hoje possui quase mil ruínas em distintos estados de conservação, que se estendem por cerca de 400 km² em meio a florestas ao norte do grande lago Tonle Sap. Muitos dos templos foram restaurados e juntos eles formam hoje o mais importante exemplo da arquitetura Khmer. Em 2007, pesquisadores concluíram que Angkor foi a maior cidade pré industrial do mundo, com mais de 1.000 km ² e aproximadamente 1 milhão de habitantes.



Doi Mai Salong

Pequena cidade fundada em 1960 por soldados vindos de Myanmar que a criaram como uma espécie de fortaleza. Além da beleza do lugar em si e da produção e comercialização de frutas como pêssegos e lichia, Mai Salong oferece uma incrível vista da cidade de Chiang Rai.



Grand Palace

Antigo Palácio Real da Tailândia, o Grand Palace está construído num complexo de 24 hectares e possui mais de cem mansões, salões, pavilhões e templos com requintadas agulhas e colunas com mosaicos fascinantes. A atração principal é o Emerald Buda - Buda Esmeralda. O Buda é na verdade feito de Jade e possui apenas 60 cm de altura, mas está inserido no local budista mais sagrado de toda a Tailândia.



Halong Bay

Declarada Patrimônio Mundial pela Unesco em 1993, a Baía de Halong é surpreendentemente bela, inspiradora e misteriosa. Nela existem cerca de 3.000 ilhas de calcário que se elevam das águas cor de jade - apesar de os moradores locais assegurarem que são apenas 1.969, ano da morte de Ho Chi Minh. Esta paisagem extraordinária ainda abriga um infinito numero de praias, grutas e cavernas. De acordo com a lenda que explicaria o significado de seu nome (Halong em português significa "Dragão que desce para o mar"), quando um grande dragão que vivia nas montanhas correu até o mar, a sua cauda cavou vales que mais tarde foram enchidos com água, deixando apenas pedaços de terra à superfície.



Hanói

Capital e segunda maior cidade do país, localizada na planície do delta do rio Vermelho e construída ao redor do lago Hoam Kiem, Hanoi mescla a elegante arquitetura colonial francesa com modernos arranha céus. As ruas são estreitas, o barulho é constante e incontáveis motos transitam sem regras dividindo as ruas da cidade com todos os outros tipos de veículos e pedestres.



Ho Chi Minh

Antiga Saigon (até o ano de 1975), Ho Chi Minh é a maior cidade do Vietnã, com população atual estimada em 5 milhões, e é também o maior centro industrial e comercial do país. Foi ocupada pela França em 1859 e foi capital da Cochinchina e, mais tarde, de toda a Indochina Francesa, até 1902. Em 1954 tornou-se capital do Vietnã do Sul, e serviu de quartel das tropas americanas durante a guerra do Vietnã, que durou até 1975 quando as tropas do Vietnã do Norte entraram na cidade, marcando o fim da guerra. As ruas da cidade ainda guardam marcas e histórias de uma guerra recente e enchem a cidade de contrastes: elegantes hotéis internacionais, restaurantes e bares ao lado de ambulantes comercializando noodles e outros alimentos, crianças brincando na rua e muitas bicicletas transportando turistas e moradores locais, além do Mercado de Bem Thanh, aonde se vende de tudo, desde peixes vivos expostos em baldes com água até os típicos chapéus artesanais.



Hoi An

Tombada pela UNESCO como Patrimônio Cultural da Humanidade em 1999, a pequena cidade de Hoi An foi um dos principais centros comerciais do sudeste asiático no século XVI. Atualmente a cidade possui muitos templos e pagodas (casa de oração construída em forma de pirâmide), além de casas centenárias que sobreviveram à guerra, construções com arquitetura chinesa e ruas enfeitadas por muitas luminárias coloridas, que enchem a cidade de charme e que podem ser encontradas nas lojas de souvenires. Hoi An também é famosa pelas alfaiatarias que fazem roupas sob medida para moradores e turistas. Sinta-se livre para desenhar sua peça, levar uma foto de um vestido de revista ou usar um dos inúmeros catálogos disponíveis nas lojas.



Koh Phi Phi

Nome mais famoso de toda a Tailândia, Koh Phi Phi abriga duas ilhas. Phi Phi Dom, a maior delas, possui diversas de praias paradisíacas e é a única com infra-estrutura turística de hotéis, restaurantes, bares e escolas de mergulho. A partir da vila na praia principal - Tonsai Village - é possível caminhar atraves de uma pequena trilha montanha acima para apreciar um dos visuais mais belos do local. Já Phi Phi Lee, 6 km ao sul de sua irmã maior, mantém sua paisagem murada entre enormes falésias calcárias que emergem das águas verde esmeraldas tornando-a a ilha dos sonhos de qualquer ser humano. Em 1999, Phi Phi Lee se tornou mundialmente famosa ao ser palco do filme "A Praia", filmado em Maya Bay, tornando-a o principal ponto de visitação de toda Koh Phi Phi.



Koh Samui

Em 1970 Samui ainda era praticamente desconhecida. Suas praias de águas turquesa, areias brancas e incontáveis coqueirais eram o lar de uma pequena população local e poucos turistas que se aventuravam a desbravá-la. Hoje, pouco mais de 40 anos depois, a ilha cresceu e se desenvolveu. Foi descoberta pelo mundo e sua natureza ainda belíssima abriga uma população de aproximadamente 39 mil pessoas. As terras ainda recheadas de mata abrigam agora uma completa infra-estrutura de hotéis, resorts, restaurantes, bares e um aeroporto considerado o mais belo do mundo.



Lago Inle

Este vasto e pitoresco lago circundado pelas Montanhas Azuis está a 900m acima do nível do mar. O lago é famoso pelos Inthas (habitantes nativos do lago) que desenvolveram uma técnica única de remar com os pés.



Lahu

Os Lahu dividem-se em subgrupos, tais como o sódio Lahu (Preto Lahu), Nyi Lahu (Vermelho Lahu), HPu Lahu (Branco Lahu), Shi Lahu (Amarelo Lahu) e Shehleh Lahu. Os nomes das cores se referem a tradicional cor de sua vestimenta. No norte do país são aproximadamente 25 mil, além das demais tribos localizadas nos países próximos como China, Vietnã, Laos e Myanmar.



Lisu

Assim como outros grupos étnicos do país, os Lisu se caracterizam pelas vestimentas coloridas. Existem hoje aproximadamente 21 mil Lisus que vivem no norte da Tailândia, além das tribos estabelecidas nas montanhas da China e no Myanmar. Durante muito tempo o principal meio de renda dos Lisu era através do plantio da papoula, mas hoje em dia muitos deles já estão buscando complemento através da venda de artesanato. Possuem forte crença no mundo espiritual e seus xamãs são voltados para trabalhos de cura dos problemas e doenças da tribo.



Lopburi

De atmosfera tranquila, Lopburi mescla antigas ruinas a construções atuais. É especialmente famosa pelas centenas de macacos que vivem espalhados pelas ruas e pelas ruínas da cidade, não raro furtando alimentos e objetos de turistas desatentos.



Mae Hong Son

Conhecida como "a cidade das três névoas", Mae Hong Son está imersa em um profundo vale rodeado por altas cadeias de montanhas, arrozais, cachoeiras e florestas no extremo noroeste do país, quase divisa com Myanmar. O vilarejo de pouco mais de 6 mil habitantes ficou isolado até a construção da primeira estrada pavimentada por ali, na década de 1960 e ainda hoje mantém esta atmosfera calma de isolamento.



Mausoléu Ho Chi Minh

Inaugurado em 1975 após 2 anos de construção, o mausoléu possui 21 metros de altura, 41 metros de largura e sua estrutura foi erguida com materiais nativos de diferentes regiões do país. Apesar de ter declarado que seu desejo após a morte era ser cremado e ter suas cinzas espalhadas pelas montanhas do país, Ho Chi Minh (1890 - 1969) teve seu corpo embalsamado e se encontra hoje no mausoléu, nem sempre aberto para visitação na parte interior. Revolucionário e estadista, Nguyen Sinh Cung - seu nome verdadeiro - foi o líder responsável pela independência do Vietnã e ficou mundialmente conhecido como Ho Chi Minh, que significa "aquele que ilumina". O mausoléu está localizado no centro da Praça Ba Dihn, local aonde Ho Chi Minh declarou a independência em 02 de setembro de 1945, estabelecendo a República Democrática do Vietnã.



Mercado de 5 dias (Mine Thauk Market)

Localizado à margem leste do Lago Inle, é um dos mercados de 5 dias mais importantes da região. No dia do mercado, diversas tribos das colinas e a população local se reúnem, trazendo seus produtos para venda como vegetais, frutas, carne, peixe, charutos, comida local, souvenirs para turistas, entre outros. As vestimentas caracterizam cada tribo.



Mercado de Flores

Localmente chamado de Pak Khlong Talat, é o maior centro de vendas de flores da cidade. As flores chegam diariamente, nas primeiras horas da manhã. O mercado também vende uma grande variedade de legumes. É um ótimo lugar para tirar boas fotos.



Mercado Flutuante Damnoen Saduak

Mais famoso mercado flutuante da Tailândia o Damnoen Saduak reflete o estilo antigo e tradicional de compra e venda de mercadorias de Bangkok, da época em que os canais eram ainda as principais vias de tráfego da cidade e região. Os barcos que transitam pelos canais estreitos do mercado são carregados de produtos plantados nesta região agrícola do país. Alguns repletos de cocos verdes, outros de frutas exóticas, legumes etc. A variedade de itens é grande e há até os barcos transformados em "restaurantes flutuantes", que preparam sopa de macarrão para os trabalhadores do mercado. Eles usam chapéu de palha tradicional e roupas azul-marinho, típicas dos agricultores tailandeses.



Mercado Maeklong Railway

Atração única devido ao fato de que o trem literalmente atravessa o mercado. Iniciado em 1984, o mercado fica ao redor e sobre o trilho do trem. Todas as vezes que o trem passa, os comerciantes são obrigados (como de costume) a desmontar rápidamente suas bancas e logo em seguida são re-erguidas em menos de um minuto! Obs: Não é garantia de que o trem passará durante sua visita, pois ele pode sofrer atrasos.



Monte Popa

Seu nome original é Taung Kalat (monte pedestal). Em 442 a.C. um terremoto sacudiu o centro de Myanmar e, da paisagem árida e plana de Myingyan, surgiu o Monte Popa. É possível visitar tanto o topo como a Floresta de Sândalo e os Museus e Jardim de Ervas Medicinais e avistar pássaros e borboletas.



Museu das Relíquias da Guerra

Construído em 1975, o museu contém inúmeros artefatos, fotografias e imagens documentando as atrocidades da guerra, além da exposição de aviões, tanques e helicópteros usados no período.



Museu de Etnologia

é um centro para exibição e preservação do patrimônio cultural dos 54 grupos étnicos do Vietnã. Apresenta uma coleção de artefatos, fotos, áudio e vídeo, onde os visitantes podem aprender mais sobre esses grupos étnicos, a diversidade cultural, o diferencial de cada grupo e região, bem como os valores tradicionais que percorrem o país. É também um local de pesquisa etnográfica.



My Son

Declarado Patrimônio Mundial pela UNESCO em 1999, My Son - qie significa "Bela Montanha" em vietnamita, foi construída pelos Champas - dinastia que governou o Vietnã entre os séculos VII e XV - para ser a capital política e religiosa de seu reinado. Após os bombardeios durante a Guerra do Vietnã, muitos templos foram destruídos em My Son, mas ainda assim, suas ruínas são hoje o mais importante legado Champa no país.



One Pillar Pagoda

Construída pelo imperador Ly Thai Tong, esta Pagoda (casa de oração construída em forma de pirâmide) foi projetada para representar uma flor de Lótus, símbolo da pureza, emergindo da água. A lenda de sua construção diz que o rei, que não tinha descendentes, sonhou com Buda, que sentado em uma flor de Lótus lhe entregava uma criança, um menino. O rei então se casou com uma camponesa que lhe deu este filho na vida real, fazendo com o rei decidisse construir a pagoda em homenagem a Buda.



Pagoda Dhammayangyi

É um templo budista, o maior templo de Bagan. Foi construído durante o reinado de Narathu, quem assumiu o trono após assassinar seu pai Alaungsithu e seu irmão mais velho e, presumidamente, construiu o maior templo para se remediar de seus pecados.



Pagoda Htilominlo

Este grande templo foi construído pelo Rei Nantaungmya em 1218. É conhecido por ser o último templo no estilo Myanmar construído em Bagan. O nome significa "Benção dos 3 Mundos". O Rei Nantaungmya escolheu esse local para erguer o templo, pois foi onde foi coroado príncipe, escolhido entre seus 5 irmãos. A seleção para a escolha do herdeiro tinha uma tradição: um guarda-chuva branco era levantado e, para quem o guarda-chuva pendesse, seria o futuro governante.



Pagoda Indein

Indein é uma das pequenas vilas do Lago Inle, localizada à margem oeste do lago. Uma imagem de Buda foi consagrada em uma stupa caiada, que fica no topo de uma colina. Abaixo da stupa e ao redor da colina há uma aglomeração de centenas de antigas stupas, em sua maioria em ruínas.



Pagoda Mingalazedi

Stupa budista construída em 1284 durante o reinado de Narathihapate. É um dos poucos templos de Bagan com quase todo conjunto de azulejos em terracota vitrificada retratando Jataka. Foi construída em tijolos e contem diversos terraços que levam ao topo da stupa.



Pagoda Shwezigon

Foi construído como o mais importante relicário de Bagan, um centro de reza e reflexão para a nova fé Theravada, estabelecida pelo Rei Anawarahta em Bagan. Diz-se que foi construído para entesourar uma das quarto réplicas do dente de Buddha de Kandhi, Sri Lanka, e que para marcar o extremo leste da cidade. As outras três réplicas dos dentes também foram abrigadas em outras três pagodas.



Pai

Pequeno vilarejo no pé das montanhas que conectam Chiang Mai a Mae Hon Son, Pai era até bem pouco tempo atrás uma pequenina vila comercial para os poucos moradores da região. Descoberta para o turismo, continua hoje com atmosfera agradável e calma, mas ganhou algumas opções de hospedagens, restaurantes famosos pela boa culinária, lojas de souvenires e pubs com música ao vivo. As montanhas ao redor de Pai abrigam cachoeiras e piscinas naturais de águas quentes.



Palácio Bang Pa In

60 km ao norte de Bangkok, o Palácio Bang Pa In foi erguido nas margens do Rio Chao Praya, no século XVII, para funcionar como palácio de verão da realeza tailandesa.



Palácio da Reunificação

Construído em 1966 para servir de sede ao governo do Vietnã do Sul. Sua construção suntuosa conta com instalações que serviriam de fuga ao presidente em caso de bombardeio do prédio. Ainda hoje guarda mapas, telefones e máquinas de datilografas para envio de mensagens secretas usadas na época.



Phitsanuloke

Uma das antigas capitais da Tailândia (durante o reinado do Rei Borom Trailokanat - 1448 - 1488), Phitsanuloke está situada às margens do rio Mae Nam Nan. É tradicionalmente conhecida pelas muitas casas construídas no rio, sobre palafitas.



Phuket

Maior e mais popular ilha da Tailândia, colorida e cosmopolita, Phuket é carinhosamente conhecida como a "pérola do sul". Vegetação tropical e belas praias de mar azul e areias brancas atraem milhares de turistas durante o ano todo. Para recebê-los a cidade conta com excelentes opções de hotéis, restaurantes e bares.



Ponte Japonesa

Uma das principais atrações de Hoi An, foi construída por comerciantes japoneses em 1593, sobre um afluente do Rio Thu Bom, com o objetivo de ligar a parte oeste ao então bairro chinês da cidade, a leste.



Puppet Show das Águas

Arte única e tradicional vietnamita onde narram-se estórias simples do cotidiano da população através de marionetes sobre água, que são manejadas com destreza por homens e mulheres ocultos atrás do cenário. Os artistas ficam com água até a cintura para manipular marionetes, fazendo-os se mover, falar, rir e até dançar sobre a superfície da água. Esta arte teve origem a mais de mil anos atrás nos campos rurais do Vietnã, nas épocas de monções. Com a chuva inundando os campos de arroz, os aldeões criaram um meio de distrair-se mutuamente utilizando os bonecos.



Sankampaeng

Distante apenas 10 km de Chiang Mai, a cidade de Sankampaeng é responsável pela produção da maioria do artesanato comercializado no norte do país. Além de possibilitar a vista da produção das peças por artesãos, a cidade oferece um centro de compra repleto de sedas, tecidos, pratas, guarda chuvas pintados à mão e peças variados das tribos do norte.



Show de Marionetes na Água

Arte única e tradicional vietnamita onde se narram estórias simples do cotidiano da população através de marionetes sobre água, que são manejadas com destreza por homens e mulheres ocultos atrás do cenário. Os artistas ficam com água até a cintura para manipular marionetes, fazendo-os se mover, falar, rir e até dançar sobre a superfície da água. Esta arte teve origem a mais de mil anos atrás nos campos rurais do Vietnã, nas épocas de monções. Com a chuva inundando os campos de arroz, os aldeões criaram um meio de distrair-se mutuamente utilizando os bonecos.



Shwedagon Pagoda

As torres históricas têm quase 98 metros de altura. É considerada uma das maravilhas do mundo religioso e acredita-se ter sido construída há 2500 anos. É coberta com centenas de placas de ouro; o topo tem 4531 diamantes incrustados, sendo o maior com 76 quilates.



Siem Reap

Porta de entrada para o complexo de Angkor, a cidade tornou-se justamente por isso o principal destino turístico do Camboja. O complexo de Angkor é o atrativo mais famoso do país e não há um único turista que visite o Camboja sem passar por ali. Portanto, a Siem Reap de hoje possui boa infra-estrutura de hotéis, restaurantes e lojas de artesanato para atender a demanda dos ávidos por Angkor. A cidade mescla arquitetura colonial e chinesa e possui muitos campos de arroz ao seu redor.



Sukhotai

Capital original da Tailândia, Sukhotai, que significa "ascensão da felicidade", foi fundada em 1238 e manteve-se capital até 1376. Quando Ayutthaya conquistou a predominância política, a cidade de Sukhotai foi parcialmente destruída e posteriormente reconstruída. Hoje, o Parque Histórico de Sukhothai cobre as ruínas da antiga capital. Os muros da cidade formam um retângulo de cerca de 2 km a leste-oeste por 1,6 km norte-sul, protegendo aproximadamente 193 ruínas. Foi declarado Património Mundial em 12 de dezembro de 1991.



Sule Pagoda

Marca o centro da cidade e ocupa um papel importante na política, ideologia e geografia do país. De acordo com a lenda, foi construída antes da Pagoda Shwe Dagon, na era de Buda, há mais de 2.500 anos. Ainda conforme a lenda, o local da pagoda Shwe Dagon deveria ser revelado por um espírito que residia no local onde hoje é a Sule Pagoda.



Ta Prohm

Ao contrário das demais construções do complexo Angkor que tiveram sua vegetação retirada após sua redescoberta por exploradores franceses, o Ta Prohm foi deixado tal qual encontrado. Ali, árvores centenárias cresceram e suas raízes e troncos envolveram as construções como se fossem tentáculos. É um dos maiores, mais místicos e charmosos de todo o complexo.



Tan Ky

Exemplo típico de uma antiga residência comercial de Hoi An. Construída cerca de 200 anos atrás, pertencia a um comerciante vietnamita que ali viveu e trabalhou, e até hoje, se mantém preservada e privada, sendo propriedade ainda da mesma família várias gerações depois.



Templo da Literatura

Construído em 1070, foi a primeira universidade do país e funcionou como tal durante 700 anos. Em 1482, o Imperador Le Thanh Tong mandou erguer monumentos em homenagem a todos os graduados na universidade a partir de 1442. Atualmente, ainda se veem 82 destes monumentos.



Templo Taung Kalat

Monastério budista localizado no topo do Monte Popa, a 737m acima do nível do mar, com 777 degraus até o topo. É conhecido como o Santuário de Espíritos (Nats) que são cultuados em Mianmar. São divididos em 37 Nats (espíritos) que são representados no local. É um grande destino de peregrinação.



Tonle Sap Lake

Maior lago de água doce do sudeste asiático, o Tonle Sap que significa ""lago de água fresca"" na língua Khmer, está ligado ao grande rio Mekong por um canal de 100 km, chamado Rio Tonle Sap. O lago é vital para a economia regional devido a pesca e a fertilidade de suas terras para o cultivo de arroz. Durante o período das monções o nível do rio Mekong sobre empurrando suas águas através do canal até o lago e trazendo nutrientes que fertilizam os campos de arroz e ajudam na reprodução das mais de duzentas espécies de peixe que vivem ali. Durante este período de cheia, os 2.500 km² de área do lago chegam a até 25.000 km² e sua profundidade passa de 2 a 10 metros. O rio Nilo, no Egito, é o único outro local do mundo aonde se pode presenciar tal fenômeno. Para se adaptar ao ambiente aonde vivem, a população local reside em vilas e casas flutuantes que se movimentam de acordo com as águas do Lago. Foi declarado reserva da Biosfera pela UNESCO em 1997. Obs: A melhor época para a realização do tour é de Agosto a Março. De Abril a Julho o nível da águas é mais baixo porém não impossibilita a realização do mesmo.



Triângulo Dourado

Uma das 2 principais áreas produtoras de ópio ilícito de toda a Ásia, abriga uma área de aproximadamente 950.000 km² que engloba as montanhas do Laos, Tailândia, Vietnã e Myanmar. Junto com Afeganistão e Paquistão tem sido uma das mais extensas áreas de produção de ópio da Ásia e do mundo desde 1920. O termo Triângulo Dourado acabou sendo apropriado pela indústria turística para designar a área de fronteira entre Laos, Myanmar e Tailândia, na confluência entre os rios Ruak e Mekong.



Tribo das Mulheres Girafa (Long Neck Karen Village)

Tribo originária de Myanmar, onde mulheres alongam seus pescoços com argolas desde a infância. A aparência é do pescoço alongado, mas na realidade o peso delas empurra os ossos dos ombros para baixo e não a cabeça para cima. Além das argolas no pescoço elas também usam o mesmo tipo de adorno nos pulsos e tornozelos para que estes membros fiquem mais finos e as tornem assim mulheres mais belas.



Túneis de Cu Chi

Complexo de túneis subterrâneos usados como esconderijo pelos vietcongues durante a Guerra do Vietnã. Cu Chi fazia parte de uma imensa rede de túneis que atingiam profundidades de até 20 metros e chegavam a aproximadamente 200 Km de extensão, abrigando milhares de pessoas com uma estrutura primitiva porém eficaz, enquanto tropas e helicópteros americanos ocupavam os céus e as florestas do país. O papel dos túneis foi de fundamental importância para que os vietcongues resistissem as operações americanas.



Wat Nong Jong Kam e Wat Jong Klang

Localizados no mesmo complexo, nas margens do lago Jong Kam, estes templos se tornaram um símbolo da cidade. Construído há mais de 200 anos atrás, o Wat Kam abriga uma grande estátua de Buda, com aproximadamente 5 metros de largura enquanto Wat Jong Klang abriga em seu interior 3 paredes completamente cobertas com pequenas pinturas em vidro que retratam as vidas anteriores de Buda. As pinturas possuem mais de 150 anos e são provenientes de Manaday (Myanmar). Abriga também uma grande coleção de bonecas de madeiras também antigas e birmanesas.



Wat Phra Dhat Doi Kong Moo

Marco mais antigo da cidade, o templo fica no alto de uma montanha e pode ser visto de qualquer lugar da cidade. Abriga relíquias de Phra Moggalana, um dos discípulos de Buda.



Wat Phrathat Doi Suthep

Localizado no alto de uma montanha, o Wat Doi Suthep oferece uma vista espetacular da área ao redor de Chiang Mai. Diz-se que o local do templo foi escolhido por um elefante branco sagrado, que indicou o ponto e depois se deitou para morrer. É o templo mais importante do norte do país, onde se fazem procissões à luz de velas nas datas religiosas.



Wat Po

Conhecido como o "Templo do Buda Deitado", o Wat Po abriga a maior estátua deste tipo no país, com 46 metros. Além disso, é também o mosteiro real mais antigo da cidade e primeiro centro de educação pública que hoje abriga a sede nacional dos cursos de medicina e massagem do país.



Wat Trimitr

Construído no ínicio do século XIII, o Wat Trimitr guarda uma impressionante imagem de Buda de ouro, de 3 metros de altura e 5,5 toneladas de ouro.



Yangon

Seu nome significa "cidade sem inimigo", do yan, inimigos, e koun, livrar-se de,fugir de. É a principal porta de entrada e capital de Myanmar. Apesar de a população girar em torno de 5 milhões de habitantes, ser a maior cidade do país e o mais importante centro comercial, passa uma impressão diferente de outras capitais da Ásia de tamanho similar. Bem arborizada, exala um ar mais provençal do que de cidade internacional.



Yao

Tribo originária do sul da China, os Yao hoje são encontrados também no Vietnã, Laos e norte da Tailândia. As aldeias Yao normalmente são encontradas em baixas colinas e as casas são construídas em madeira.



Envie uma Mensagem


Venturas Viagens

Venturas Viagens e Turismo

Rua Minerva, 268 - Perdizes
São Paulo - SP - CEP 05007-031
Fone: 11 3879-9494
E-mail: atendimento@venturas.com.br

Mídias Sociais

Nossos Parceiros